MORRE LEONARD NIMOY,( Spock de Star Trek) AOS 83 ANOS.


Astro de Star Trek estava internado desde a semana passada.

Leonard Nimoy , o eterno Spock de Star Trek , faleceu hoje, aos 83 anos. A causa da morte foi uma doença pulmonar em estágio terminal.
Nascido em Boston, Massachusetts, em 26 de março de 1931, o ator, diretor, poeta, cantor, e fotógrafo norte-americano começou a sua carreira aos 20 anos, alternando entre seu trabalho como professor de atuação e pequenas participações, muitas vezes não creditadas, em séries e filmes da década de 50. Sua primeira aparição em um filme foi no longa Queen for a Day (1951).   Porém, sua primeira sequência consistente de trabalho acontece somente no final da década, quando participa de três episódios nas séries de TV  The Silent Service (1957), Broken Arrow (1956-1960), 26 Men (1957-1959)até chegar a oito participações em Sea Hunt (1958-1961).
Na década de sessenta, Nimoy manteve o mesmo ritmo de aparições em séries de TV, até ser escalado para dar vida ao personagem Spock em  Jornada nas Estrelas  (Star Trek, 1966-1969)produção que colocou seu nome em destaque e lhe rendeu três indicações seguidas ao Emmy. No entanto, apesar da boa audiência, a série foi encerrada três anos depois de sua estreia. Logo em seguida, Nimoy iniciou uma nova sequência de episódios na série de TV de  Missão Impossível  (Mission: Impossible, 1966-1973).
Veja o último tweet do ator:


Após esse período de trabalho consistente, Nimoy ampliou seu leque de ação e, além de participar de séries e filmes produzidos para TV, também escreve uma autobiografia e publica diversos livros de poesia. Nessa fase o destaque fica por conta do remake de  Os Invasores de Corpos  (Invasion of the Body Snatchers, 1978). No entanto, ainda antes da década de 80, a Paramount Pictures dá a luz verde para que um filme de Star Trek seja realizado. Nimoy assina o contrato e participa de  Jornada nas Estrelas: O Filme  (Star Trek: The Motion Picture, 1979), sucesso de bilheteria que garantiu mais cinco sequências:  Jornada nas Estrelas II - A Ira de Khan  (Star Trek: The Wrath of Khan, 1982) Jornada nas Estrelas III - À Procura de Spock  (Star Trek III: The Search for Spock, 1984),  Jornada nas Estrelas IV - A Volta para Casa  (Star Trek IV: The Voyage Home, 1986), ambos dirigidos por Nimoy, seguido por  Jornada nas Estrelas V - A Última Fronteira  (Star Trek V: The Final Frontier, 1989) Jornada nas Estrelas VI - A Terra Desconhecida  (Star Trek VI: The Undiscovered Country, 1991).
Após essa sequência de participações, Nimoy entrou na década de 90 mantendo um ritmo intenso de trabalho em produções televisivas e também em outros segmentos derivados de Star Trek. Os destaques ficam por conta de  Jornada nas Estrelas: A Nova Geração  (Star Trek: The Next Generation, 1987-1994) e Bonanza: Under Attack (1995). Já, nos anos 2000, seu ritmo diminui intensamente, devido ao anúncio, em 2003, de que iria se aposentar para dedicar-se a fotografia.

No entanto, continuou realizando dublagens para jogos como  Civilization IV (2005)  e para alguns longas-metragens como  Atlantis: O Reino Perdido  (Atlantis: The Lost Empire, 2001)  Transformers: O Lado Oculto da Lua  (Transformers: Dark of the Moon, 2011). Nesse período, Nimoy também realizou participações especiais em séries e curtas-metragens que invocam seu personagem mais famoso como em  The Big Bang Theory (2007-), ou ainda no curta  Reflections on Spock (2004). Sua última sequência consistente de trabalhos aconteceu na série  Fringe  (Fringe, 2008-2013), em conjunto com rápidas participações em  Star Trek  (Star Trek, 2009)  Além da Escuridão - Star Trek  (Star Trek Into Darkness, 2013), tudo em parceria com  J.J. Abrams .                                     
Além de dirigir dois filmes da franquia Star Trek, Nimoy também foi diretor em produções como Holy Matrimony (1994),  As Coisas Engraçadas do Amor  (Funny About Love, 1990), O Preço da Paixão (The Good Mother, 1988), com  Diane Keaton  e  Liam Neeson , e, também, do filme de maior bilheteria de 1987,  Três Solteirões e um Bebê  (3 Men and a Baby, 1987), com  Tom Selleck  Steve Guttenberg   Ted Danson .
O ator também foi responsável pela criação da saudação vulcana de Spock com os dedos separados, baseada em uma saudação judaica.


FONTE: http://omelete.uol.com.br/filmes/noticia/morre-leonard-nimoy-aos-83-anos/




0 comentários:

Postar um comentário